People Dancing: projeto promove inclusão por meio da dança

Descrição da imagem #pracegover: Foto de uma apresentação, que inspirada em uma cena do filme Chicago. Cinco mulheres estão no palco, sentadas em cadeiras, duas delas, em cadeiras de rodas. Fim da descrição.
Cena inspirada no filme ‘Chicago’ (Foto: Sean Goldthorpe)

Hoje, 29 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Dança. Por isso, vamos apresentar a ONG britânica People Dancing, uma organização profissional que promove oportunidades para pessoas com e sem deficiência que desejam experimentar e participar da dança de alguma forma.

A associação atinge mais de 4.500 profissionais da dança em todo o mundo, e acredita que esta arte pode transformar a vida da sociedade a partir do momento que passa a fazer parte da rotina de todos.

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na vertical. Cena inspirada no clássico filme Cantando na Chuva. Um homem cego segura com a mão direita em um poste e em sua mão esquerda ele levanta sua bengala. O homem usa terno escuro e chapéu. Fim da descrição.
Cena inspirada no clássico ‘Cantando na Chuva’ (Foto: Sean Goldthorpe)

A rede de dança atua como uma plataforma de intercâmbio, interação social, debate crítico e aprendizagem entre os participantes que podem discutir sobre as diversas práticas de dança. Além disso, o projeto expande horizontes profissionais e atua como uma ferramenta para o reconhecimento pessoal e da identidade de cada um. Organizam seus pilares em cinco programas, o de ‘Prática profissional’, o de ‘Saúde e bem-estar’, o ‘Big Dance’, a revista ‘Animated’ e o projeto para ‘Surdos e pessoas com deficiência’.

A dança e as deficiências

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na horizontal. Cena inspirada no filme Os embalos de sábado à noite. Um rapaz que tem paralisia cerebral está sentado em sua cadeira de rodas, no centro do palco. Ele usa uma roupa típica dos anos 1970. Luzes coloridas dão o tom de discoteca à imagem. Fim da descrição.
Cena inspirada no filme ‘Os Embalos de Sábado à Noite’ (Foto: Sean Goldthorpe)

O princípio defendido pela ONG é que todos podem dançar com a intenção e o propósito de trabalhar com base no que as pessoas podem fazer, e não com o que elas não podem. A People Dancing oferece amplas oportunidades para as pessoas com deficiência se envolverem com a dança, seja trabalhando a expressão pessoal e coletiva, com as habilidades artísticas, em defesa das pessoas com deficiência na comunidade em geral, com atividades saudáveis de lazer ou como oportunidade profissional dentro da dança e das artes.

Filmes informativos

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na horizontal. Cena inspirada no filme Ou tudo ou nada. Quatro rapazes estão no palco, e fazem um 'strip tease'. Um dos rapazes tem síndrome de Down. Fim da descrição.
Cena inspirada no filme ‘Ou Tudo ou Nada’ (Foto: Sean Goldthorpe)

A fundação produziu uma série de seis filmes informativos que serve como um recurso para quem trabalha neste meio e como inspiração para as pessoas envolvidas com a dança e que possuem algum tipo de deficiência. O intuito principal dos filmes é promover um debate acerca dos desafios enfrentados por pessoas com deficiência.

11 Million Reasons

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na horizontal. Cena inspirada no filme Cisne Negro. Uma bailarina está no centro do palco. Ela usa prótese na perna esquerda, e tem os braços abertos. Fim da descrição.
Cena inspirada no filme ‘Cisne Negro’ (Foto: Sean Goldthorpe)

O projeto realizado em parceria com o fotógrafo Sean Goldthorpe consiste em uma exibição de fotografias que retratam pessoas com deficiência, seja física, auditiva, visual ou intelectual, em cenas icônicas do cinema.

Intitulado ‘11 Million Reasons’, traduzido para o português ‘11 Milhões de Razões’, seu principal objetivo é quebrar padrões por meio da arte e mudar a percepção sobre a dança e as deficiências com imagens positivas, mostrando que qualquer pessoa pode ser o que quiser. As fotos foram capturadas em um período de três meses, em 12 locais diferentes e envolveu mais de 160 pessoas até sua conclusão.

Para saber mais sobre o projeto, acesse o site People Dancing.

A seguir, conheça uma das histórias da ONG!

Portal Acesse

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.