Conheça a história de Andreia Úrsula: uma paratleta na prática esportiva

Descrição da imagem #pracegover: A paratleta Andreia Úrsula durante torneio de hipismo. Andreia está montada no cavalo no meio do setting de competição. Fim da descrição.
A paratleta Andreia Úrsula durante torneio de hipismo (Foto: Divulgação)

A paratleta de hipismo e tiro esportivo, Andreia Úrsula Oliveira disputa nas modalidades: Adestramento Paraequestre, desde 2016, Paratleta – Paratambor da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Quarto de Milha (ABQM) no Handicap I e o Paraenduro desde 2019.

Além do efetivo mundo do cavalo em seu currículo como atleta, Andreia também é praticante de tiro esportivo, há 8 anos.

A atleta, que sofreu um acidente automobilístico, em 2003, teve uma lesão medular que a deixou paraplégica. 

Descrição da imagem #pracegover: A paratleta Andreia Úrsula durante torneio de tiro esportivo. Andreia está sentada, em sua cadeira de rodas. Fim da descrição.

Em 2009, Andreia recorreu ao esporte como objetivo em suas atividades. Em 2012, quando começou a praticar tiro esportivo, foi campeã brasileira pela Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE). 

Além disso, Andreia também conquistou o Tricampeonato Paulista I, obteve o 3º lugar no Campeonato Sudamericano e o 3º lugar no aberto internacional, realizado aqui no Brasil.

Paratleta de Hipismo

Descrição da imagem #pracegover: A paratleta Andreia Úrsula durante torneio de hipismo. Andreia está montada no cavalo. Fim da descrição.

Em 2016, Andreia entrou no hipismo por sua paixão pelos cavalos, mas nunca abandonou o tiro esportivo. Ela também pratica equoterapia, tendo sido incentivada no esporte por Fernando Guimarães, um dos pioneiros da equoterapia no Brasil e técnico de voleibol sentado, compondo o treinamento das principais equipes brasileiras.

Andreia fez suas classificações funcionais com Gabriele Brigitte Walter, uma das pioneiras da equoterapia no Brasil, além de ser a classificadora oficial pela Federação Equestre internacional (FEI) e da ABQM.

Em 2018, Andreia participou da primeira Competição Oficial Brasileira de Adestramento Paraequestre em Brasília, Categoria-Novatos com o  Zigfield no grau II (modalidade). A partir desse momento, ela passou a conquistar vários títulos como campeã paulista 2018, campeã do Campeonato Internacional 2018, e também campeã 2018 do Troféu Eficiência. Andreia também recebeu a premiação para os melhores do ano pela Federação Paulista de Hipismo (FPH). 

Descrição da imagem #pracegover: A paratleta Andreia Úrsula durante torneio de hipismo. Andreia está montada no cavalo no meio do setting de competição. Fim da descrição.

Em 2019, iniciou a  parceria com Cledson Rodrigues da Silva, conhecido na equoterapia e no esporte paraequestre como Amendoim. Juntos, conquistaram o vice-campeonato no Freestyle do Campeonato Brasileiro de Adestramento Paraequestre, em Brasília, com o animal Beberico e o 3º lugar no individual.  Conquista grandiosa e comemorada. Ainda em 2019, Andreia foi a grande vencedora do Campeonato Paulista, na categoria Grau II.

Cledson, o Amendoim da equoterapia

Um dos grandes nomes da equoterapia, Cledson, o Amendoim da equoterapia, é instrutor de equitação e tem um vasto currículo na área. Desde 2014, ele auxilia no Centro de Equoterapia Integrada na Sociedade Paulista de Trote.

Durante sua trajetória profissional, atuou na Fundação Selma, prestou serviço militar na Cavalaria, Clube Hípico Santo Amaro, Ande-Brasil (Curso de Instrutor de Equitação), Curso de Instrutores do Paraequestre, Rancho GG com a Gabriele Brigitte, Centro de Equoterapia Texas Ranch, Jockey Club de São Paulo, Montana da Serra e Unidos de Vila Maria – Equoterapia. 

Também participou como instrutor de equitação nas provas do paraequeste da National Barrel Horse Association of Brazil ((NBHA – Brazil) e  paratleta da ABQM.

Paratleta do Corinthians

Descrição da imagem #pracegover: A paratleta Andreia Úrsula posa ao lado do cavalo, que está com o distintivo do Corinthians. Um homem está atrás de Andreia. Fim da descrição.

Desde o ano passado, Andreia é atleta do Sport Clube Corinthians Paulista (SCCP), nas modalidades hipismo e tiro esportivo.

Em 2019, ela foi vice-campeã na modalidade Paratleta-Paratambor, no handicap I pela ABQM, campeã brasileira do Paraenduro, vice-campeã brasileira do Tiro Esportivo pela CBTE, 3º lugar no Campeonato Paralímpico Brasileiro e campeã paulista ainda no tiro esportivo. Andreia é formada em Direito, pós-graduada em Ciências Criminais e Perita Grafotécnica.

“Muitos hoje me consideram uma multiatleta e me perguntam como consigo essa façanha! Minha resposta é muito amor pelo que faço, muita dedicação! Não é fácil, mas vi que seria possível e topei o desafio! Agradeço muito ao meu treinador Cledson que fez com que eu rompesse barreiras e me mostrou que seria possível estar superando limites! É um ser humano fora do sério, dedicado e que me incentiva muito, só tenho que agradecer primeiramente a Deus e depois ao Amendoim! Uma parceria que tem dado muito certo!” – Andreia Úrsula

Leia também: Conheça a história de Veri Real nos Três Tambores

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.