Nutrição como coadjuvante no tratamento de bruxismo em crianças com T21

Descrição da imagem #pracegover: Foto de um menino fazendo careta. Ele está mostrando os dentes. Fim da descricão.
Bruxismo é bastante comum em crianças com T21 (Foto: Divulgação)

Há pouco tempo atrás, em casa, começamos a perceber algo novo. Era só o Enzo começar a brincar sozinho ou se distrair que ele começava a emitir um som com a boca que já estava deixando todo mundo doido. Ele estava rangendo os dentes incessantemente, e não havia quem o fizesse parar.
Fui pesquisar sobre o assunto e percebi que este hábito é muito comum entre as crianças com T21, e você sabe qual é o motivo disso? Continua lendo que neste artigo te conto.

Este comportamento é chamado de bruxismo e não é exclusivo de pessoas com T21. Ele é causado por uma ansiedade crônica e assim que identificado, necessita de tratamento, para que não cause problemas bucais como: desgaste do esmalte dentário, distensão muscular, dor facial, e também outros problemas como dores de cabeça, por exemplo.

O tratamento deve ser realizado de forma interdisciplinar, com acompanhamento de profissional dentista e muitas vezes psicólogo também.

Como estou aqui pra falar de nutrição, vou te contar como ela pode ajudar nestes casos.

Esperança pela nutrição

Existem nutrientes que conseguem melhorar o quadro de ansiedade, e consequentemente, os episódios de bruxismo:

  • Cálcio: Esse nutriente, além de participar da construção e manutenção dos ossos e dentes, também é importante para a transmissão de impulsos nervosos. Podemos encontrá-lo em leite e derivados, sardinha em lata e castanha do pará, entre outros alimentos;
  • Triptofano: Aminoácido essencial que é precursor da serotonina, neurotransmissor responsável pela regulação do sono, humor, atividades cognitivas, entre outras. Podemos encontrá-lo em bananas, peixes, grão de bico, mel e aveia;
  • Ácido pantotênico (vitamina B5): É responsável pela produção e regulação de neurotransmissores no cérebro. Podemos encontrá-lo em cogumelos, brócolis, repolho, fígado e lentilha, entre outros;
    ⠀⠀

Estes são alguns alimentos que, se incluídos no dia a dia, alinhados com uma alimentação equilibrada e estilo de vida saudável contribuem para a melhora dos quadros de bruxismo na T21.

Também é possível, suplementar estes nutrientes, mas para isso se faz necessário uma avaliação completa da necessidade por meio de histórico de sinais e sintomas e também exames bioquímicos. Sem esta avaliação profissional, que pode ser realizada pela nutricionista, a suplementação pode ser tóxica e causar efeitos adversos.

Sempre busque um profissional para te auxiliar em casos mais específicos, como este.

Tem alguma dúvida, sobre o assunto? Manda uma mensagem no meu direct do instagram! Será um prazer te responder!

Até a proxima,

Nutri Gabi Pelissari
CRN3 59703/P

Publicidade
Portal Acesse

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.