Fundação Dorina transforma cartinhas para o Papai Noel em áudios narrados

Descrição da imagem #pracegover: Arte de divulgação da campanha da Fundação Dorina. A imagem tem fundo preto e ilustrações em amarelo que representam um áudio na parte superior. Na parte central está escrito:

É muito comum que no período natalino as crianças escrevam cartas endereçadas ao Papai Noel, contando como elas se comportaram durante o ano e pedindo o tão desejado presente de Natal.

No Brasil, algumas dessas cartinhas ficam disponíveis nos Correios para que a população possa atender e realizar os sonhos desses pequenos. Durante a pandemia de coronavírus, muitas ações foram digitalizadas a fim de garantir a segurança da população.

A Fundação Dorina Nowill para Cegos lança o projeto ‘Adote um Áudio’, que substitui as cartinhas escritas por áudios endereçados ao bom velhinho e permite que qualquer um seja o Papai Noel das pessoas cegas ou com baixa visão.

Descrição da imagem #pracegover: Foto de um rapaz. Ele é moreno e tem cabelos pretos e curtos. Ele está vestindo uma camisa polo azul. Fim da descrição.
Samuel Silva, um dos colaboradores da campanha (Foto: Divulgação / Fundação Dorina)

Para fazer essa ação valer, durante o mês de dezembro, o Instagram da Fundação Dorina se transforma num grande espaço de magia e solidariedade.

Na página da Instituição, 15 histórias em áudio estarão disponíveis para serem adotados por quem quiser fazer uma boa ação nesse Natal. “Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) o Brasil tem aproximadamente 6,5 milhões de pessoas cegas ou com deficiência visual. É para incluir esse público que a ação foi pensada. A iniciativa trata de traduzir as cartinhas para áudio, possibilitando que as próprias pessoas com deficiência visual contem suas histórias”, explica Alexandre Munck, superintendente da Fundação Dorina Nowill.

A campanha acontecerá através do perfil oficial da Fundação, para participar basta acessar a rede social e comentar o post com o áudio que deseja adotar e alguém entrará em contato via mensagem direta para combinar a compra e a entrega do presente.

Descrição da imagem #pracegover: Foto de uma menina. Ela é morena e tem cabelos compridos e cacheados. Ela está vestindo uma camiseta vermelha, um gorro de Papai Noel e usa óculos escuros. Fim da descrição.
Júlia Santos também colaborou com a campanha (Foto: Divulgação / Fundação Dorina)

A ação foi criada e operacionalizada pela agência Lew’Lara\TBWA, enquanto o contato via Instagram da Fundação conta com a ajuda da agência Live Content, especialista em Gestão de Redes Sociais.

Vale ressaltar que a Fundação Dorina Nowill para Cegos realiza gratuitamente cerca de 38 mil atendimentos por ano, com trabalhos que incluem habilitação, reabilitação até cursos profissionalizantes para a inclusão no universo do trabalho. Neste período de pandemia, a instituição teve de se adaptar para dar continuidade ao trabalho, dessa forma, foi necessário transformar os serviços presenciais em atendimentos on-line ou telefônico, sendo assim, uma maneira de respeitar todas as medidas implantadas para a segurança de todos.

“O ano de 2020 foi atípico para nós. No entanto, a solidariedade nos mantém vivos e com esperanças de que 2021 seja um ano mais próspero e feliz”, finaliza Alexandre Munck, da Fundação Dorina Nowill.

Para conferir, acesse o Instagram da Fundação Dorina e transforme o Natal de uma pessoa com deficiência visual ouvindo o que ela tem a dizer.

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.