Projeto de lei inclui Libras no currículo escolar

Descrição da imagem #pracegover: Foto de uma sala de aula. A professora está no centro da sala e, em primeiro plano, vemos um estudante sentado em sua carteira. À sua frente está uma intérprete de Libras. Fim da descrição.
Projeto prevê a inclusão da Libras no currículo dos ensinos fundamental e médio (Foto: Divulgação)

No Brasil, existe mais de 9 milhões de pessoas com deficiência auditiva e grande parte dessa população utiliza a Língua Brasileira de Sinais (Libras) para se comunicar.

Para facilitar a inclusão dessa parcela da população, o projeto de lei (PL 5.961/2019) determina a adoção da Libras no currículo escolar para todos os estudantes matriculados nos ensinos fundamental e médio.

O projeto, de autoria da senadora Zenaide Maia (PROS-RN) pretende garantir a inclusão educacional de pessoas surdas e, segundo ela, surgiu a partir da primeira sugestão de Libras feita no portal e-Cidadania por uma estudante.

“Vendo essa dificuldade, apesar de estudar em uma escola inclusiva, a estudante apresentou a primeira sugestão ao portal e-Cidadania. Por esse motivo apresentei esse projeto de lei que inclui a Libras no currículo para todos os estudantes. Espero ter o apoio dos colegas senadores”, garante Zenaide.

O projeto está na Comissão de Educação (CE), onde deve ser votado em decisão terminativa após a retomada das reuniões presenciais. Pos se tratar de uma proposta terminativa da Comissão de Educação, caso seja aprovada, a proposta não precisa passar por votação no plenário.

Fonte: Agência Senado

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.