Lavabo adaptado para um casal contemporâneo

Descrição da imagem #pracegover: Imagem do lavabo vista a partir do espelho do ambiente. Sobre a bancada da pia está um vaso com flores brancas. Fim da descrição.

A reforma da residência previa a readequação de circulações, acessos e ambientes para atender ao cliente com deficiência física. O lavabo adaptado foi desenvolvido a partir da análise detalhada de todas as manobras da cadeira de rodas e também dos movimentos do cliente para uso do local com independência.

Num segundo momento, a linguagem do projeto adotada em todos os ambientes da casa foi utilizada também no lavabo. À seleção do conceito, cores, matérias e texturas foi incorporado um conjunto de revestimentos, peças sanitárias, iluminação dentre outros que encontram-se melhor detalhadas na Ficha Técnica.

Conceito do lavado adaptado

O lavabo que será utilizado por todos os membros da casa e convidados, ganhou além da segurança proporcionada pelos materiais, acabamentos nobres e elegantes que mantém o estilo contemporâneo adotado para a casa.

Os proprietários são um jovem casal (ele escritor paraplégico após um acidente e ela designer) com dois filhos que adoram receber convidados para jantares e finais de semana. 

Para adequar o espaço a uma pessoa com deficiência motora, o lavabo passou por reformas que ampliaram largura e comprimento do local permitindo o giro completo e confortável de uma cadeira de rodas (1.50m/raio) viabilizado pela manobra sem deslocamento.

Ao acabamento em laminado de madeira branca (com frisos) do rodapé contrapõem-se às placas de porcelanato cinza antiderrapante do piso e combina com a tonalidade clara da cuba especialmente esculpida em pedra Limestone.

Descrição da imagem #pracegover: Imagem do lavabo adaptado. Fim da descrição.

O sifão articulado e flexível sob a pia associado ao misturador monocomando facilitam o uso do escritor. O espelho inclinado a 10 graus da parede permite acesso visual pleno a quem se encontra em pé ou sentado. O vaso sanitário que se encontra a 0.46cm de altura atende confortavelmente a todos incluindo a transferência da cadeira de rodas para o sanitário.

Nas laterais, foi incorporado um sistema de barras com regulagem de altura e posição conferindo segurança aos usuários. A lixeira é automática e está localizada entre a bancada e o vaso assegurando a aproximação lateral da cadeira pelo outro lado.

A papeleira foi colocada a uma altura compatível ao alcance manual lateral respeitando relação entre altura e profundidade para quem estiver sentado. A válvula de descarga sofreu uma adaptação que permite uso diferenciado. O toque de elegância se dá pelo revestimento de papel em estilo floral com detalhes metalizados que ficam mais evidentes coma iluminação diferenciada dada pela alternância dos spots que encontram-se no forro com as arandelas que estão ao lado do grande espelho e evitam o ofuscamento.

O projeto

A proposta apresentada foi idealizada pelos universitários Alessandra França e Rodrigo Colombo como parte da disciplina Acessibilidade Universal ministrada por mim para o curso de Design de Interiores do Centro Universitário FIAMFAAM, em dezembro de 2011.

A disciplina tem por objetivo discutir conceitos diversos que abordam desde assuntos vinculados aos Direitos Humanos, dignidade, inclusão, deficiênciahabilidades funcionais (entre outros) associando-os ao desenho universal e também às tecnologias assistivas  que viabilizam a realização das atividades (sociais, de trabalho e familiares) cotidianas da pessoa com deficiência.

A inclusão se dá, para este caso, por meio do projeto e do uso de tecnologias assistivas que atendem ao uso de uma pessoa com limitação nas habilidades funcionais motoras.

Leia também: Como organizar o dormitório para uma pessoa idosa

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.