Conheça o Instituto Mano Down

Descrição da imagem #pracegover: Leonardo Gontijo e Dudu do Cavaco com atendidos pelo Instituto Mano Down. Todos estão usando a camiseta do instituto. Eles estão sentados no chão da Casa Modelo. Fim da descrição.
Instituto Mano Down promove o desenvolvimento de pessoas com síndrome de Down (Foto: Divulgação)

Iniciamos uma nova série que vai mostrar o trabalho de institutos que atendem pessoas com deficiência, e são reconhecidos por seu trabalho na região onde atuam. Hoje apresentamos o Instituto Mano Down, de Belo Horizonte (MG). A gente tem uma história especial com esse instituto e isso vemd e longa data. Tanto que seu fundados, Leonardo Gontijo, é colunista aqui no portal.

O Mano Down nasceu a partir da história linda de amor e amizade dos nossos parceiros Leonardo e Eduardo Gontijo. Tudo começou quando Leonardo decidiu colocar em prática a idealização do sonho de um grupo de pessoas que acredita nas capacidades das pessoas com síndrome de Down. Desde então, eles trabalham juntos para oferecer às pessoas com Down oportunidades de serem protagonistas de suas histórias.

Descrição da imagem #pracegover: Leonardo Gontijo e seu irmão Dudu do Cavaco. Leonardo está sentado em uma cadeira e, à sua frente, está Dudu. Fim da descrição.
Leonardo e Eduardo Gontijo, seu mano Down Dudu do Cavaco (Foto: Divulgação)

Uma instituição sem fins lucrativos, o Mano Down tem como meta promover a inclusão e a autonomia de pessoas com síndrome de Down e outras deficiências intelectuais. Sua proposta envolve ainda a promoção do desenvolvimento potencializado em todo o ciclo de vida das pessoas com T21, garantindo seu desenvolvimento desde o nascimento.

O início do Mano Down

Descrição da imagem #pracegover: Leonardo Gontijo e Dudu do Cavaco com a equipe do Instituto Mano Down. Eles estão lado a lado e seguram as mãos, uns dos outros. Fim da descrição.
Instituto nasceu para promover a autonomia de pessoas com Down (Foto: Divulgação)

A história foi iniciada em 2010, por Leonardo Gontijo, com o objetivo de dar vez e voz para as pessoas com síndrome de Down. Tudo surgiu a partir do amor de Leonardo por seu irmão caçula, Eduardo – mais conhecido como Dudu do Cavaco, que tem síndrome de Down.

Depois de publicar dois livros para o irmão e de juntos palestrarem por todo o Brasil compartilhando informações, orientações e perspectivas para as pessoas, Leonardo oficializou o Estatuto do instituto em 2015, ampliando sua atuação para projetos de socialização, desenvolvimento potencializado, mobilização para autonomia e inclusão no mercado de trabalho.

Casa Modelo

Descrição da imagem #pracegover: Os atendidos pelo Instituto Mano Down durante uma aula de culinária. Fim da descrição.
Atividade de culinária na Casa Modelo do Mano Down (Foto: Divulgação)

Com a proposta de acabar com a invisibilidade social das pessoas com Down, de modo que elas tenham liberdade para dirigir a própria vida, o Instituto Mano Down conta com uma Casa Modelo.

Nela, é realizado um trabalho para promover o desenvolvimento potencializado das pessoas com Down, desde o acolhimento, a estimulação precoce, as vivências, a autonomia e a socialização até a inclusão no mercado de trabalho.

“Indiretamente visamos demonstrar que a inclusão somente acontecerá de fato quando aceitarmos as diferenças inerentes aos seres humanos de forma igualitária. Esperamos com esta iniciativa, tangencialmente, abrir espaços para outras famílias e que pessoas com Down mostrem suas habilidades e talentos muitas vezes escondidos ou com pouco espaço para expressão social”, explica Leonardo.

Atualmente, esse trabalho é feito por meio da integração de ações de saúde (fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e psicologia); de pedagogia; de atividades culturais e de vivências. Tudo isso, com o objetivo de desenvolver a autonomia de pessoas com síndrome de Down.

Eventos e atividades

Descrição da imagem #pracegover: Jovens com síndrome de Down dançando durante uma festa junina. Eles estão se divertindo. Fim da descrição.
Festa Junina do Instituto Mano Down (Foto: Divulgação)

Para garantir os atendimentos, o Instituto Mano Down realiza eventos e atividades culturais. Por conta da pandemia do novo coronavírus, muitas atividades não estão sendo realizadas, enquanto outras, foram adaptadas.

No próximo dia 14 de agosto, será realizado o Festival Italiano do Mano Down, um projeto cultural que, além de promover entretenimento, irá garantir a manutenção dos programas e atividades oferecidos aos mais de 200 atendidos pelo instituto e seus familiares.

O evento será realizado na Casa Modelo, com transmissão ao vivo pelo Youtube do Mano Down, para que os educandos e as famílias possam matar um pouco da saudade. Além da apresentação musical da banda regida pelo maestro Daniel Viana, responsável pelo Coral Voz Ativa do Mano Down, o festival contará com a participação da Chef Carolina, que fará ao vivo os preparos de massas e harmonização dos pratos com vinhos.

Durante o festival serão promovidas as arrecadações através da comercialização dos pratos e vinhos (delivery e drive thru), além da doação por meio de plataforma colaborativa.

Para outras informações sobre o festival ligue para o Instituto Mano Down: (31) 3371-3739 e (31) 98735-8926 ou, se preferir, mande um e-mail para: [email protected].

Leia também: Síndrome de Down e mercado de trabalho

Ajude o Instituto Mano Down

Descrição da imagem #pracegover: Logo do Instituto Mano Down. Ele é formado por uma flor com pétalas nas cores vermelho, laranja e amarelo. Fim da descrição.

O Instituto Mano Down está passando por um momento delicado e precisa da ajuda de todos para manter seus atendimentos a mais de 200 famílias.

Para doar, acesse o site do Instituto Mano Down.

Portal Acesse

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.