Dia de Doar lança olhar solidário para trabalho de instituições

Descrição da imagem #pracegover: Foto de um menino cego realizando uma atividade em um livro adaptado. Ele é moreno e tem cabelos castanhos curtos. O menino está sorrindo e ao seu lado está uma mulher. Fim da descrição.
Dia de Doar conscientiza sobre a importância do voluntariado (Foto: Divulgação)

Criado em 2013 com a proposta de incentivar a sociedade a ajudar o próximo, o Dia de Doar é celebrado nesta terça-feira, 1º de dezembro. A data que ressalta a generosidade das pessoas também lança olhares solidários para reconhecidas iniciativas do Terceiro Setor.

Dentro desse contexto, a Fundação Dorina Nowill para Cegos reconhece a necessidade desta mobilização, que possibilita incrementar as doações que são fundamentais para a viabilidade dos serviços gratuitos oferecidos às pessoas com deficiência visual.

Existem várias formas de ajudar entidades que prestam atendimento social. Na Fundação Dorina Nowill para Cegos, por exemplo, é possível doar via campanhas pontuais, como a do Calendário Acessível 2021, Ame, PicPay, entre outras, cupons fiscais e até porcentagem do imposto de renda – nos dois últimos casos, sem gerar qualquer custo para o doador. Vale ressaltar que o mundo corporativo também pode se envolver em iniciativas do Terceiro Setor, patrocinando projetos até mesmo por meio de leis de inventivos.

“A data reforça a importância da solidariedade que, reconhecemos, pode ser manifestada de diferentes formas. Dedicar um tempinho para compartilhar o nosso trabalho nas redes sociais também é um ato de doação, que ajuda a ampliar a repercussão da nossa causa e atividades”, diz Alexandre Munck, superintendente executivo da Fundação Dorina Nowill para Cegos, lembrando que ser um voluntário também é maneira de se doar ao Terceiro Setor.

Para fazer parte desta ação solidária basta clicar neste link e realizar suas doações.

Sobre a Fundação Dorina

Há mais de 70 anos, A Fundação Dorina Nowill para Cegos trabalha para que crianças, jovens, adultos e idosos cegos e com baixa visão sejam incluídos em diferentes cenários sociais.

A instituição oferece serviços gratuitos e especializados de habilitação e reabilitação, dentre eles orientação e mobilidade e clínica de visão subnormal, além de programas de inclusão educacional e profissional.

Responsável por um dos maiores parques gráficos de braille no mundo com capacidade de impressão de até 450 mil páginas no sistema por dia, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é referência na produção e distribuição de materiais nos formatos acessíveis braille, áudio, impressão em fonte ampliada e digital acessível, incluindo o envio gratuito de livros para milhares de escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil.

A instituição também oferece uma gama de serviços em acessibilidade, como cursos, capacitações customizadas, sites acessíveis, audiodescrição e consultorias especializadas.

Contando com o apoio fundamental de colaboradores, conselheiros, parceiros, patrocinadores e voluntários, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é reconhecida e respeitada pela seriedade de um trabalho que atravessa décadas e busca conferir independência, autonomia e dignidade às pessoas com deficiência visual.

Mais detalhes: https://www.fundacaodorina.org.br.

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.