Entenda o papel do psicomotricista na equoterapia

0
1473
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na vertical. Um menino está alimentando um cavalo marrom. O menino está segurando uma bacia com cenouras. Ao seu lado, está uma psicomotricista, especialista em equoterapia. Fim da descrição.
Especialista aborda a importância do psicomotricista na equoterapia (Foto: Divulgação)

Por: Eliane Baatsch*

A equoterapia abrange cada vez mais profissionais em suas intervenções e prognósticos. Esses profissionais estão ampliando sua atuação e se especializando, compondo a equipe multidisciplinar dos centros, como é o caso do psicomotricista na equoterapia.

E os centros cada vez mais têm se aperfeiçoado em suas especializações em prol da acessibilidade e desenvolvimento das pessoas com deficiência em demanda das patologias apresentadas através dos atendimentos equoterápicos.

Nem todos os centros ainda em sua demanda de profissionais incluíram em sua equipe o psicomotricista como equoterapeuta em sua atuação nas sessões de equoterapia, porque a procura da família e da pessoa com deficiência ainda está mais focada no fisioterapeuta, psicólogo, pedagogo, entre outros.

Mas qual seria o trabalho e a atuação do psicomotricista na equoterapia?

 

O que é ser psicomotricista na equoterapia?

Segundo Teresa Cristina Serra Damiano Borghi, professora de educação física, especialista em psicomotricidade, ludomotricista, sócia da Associação Brasileira de Psicomotricidade e docente em cursos de pós-graduação UNIP, UNIFAI, Instituto Saber e CEFAC, a psicomotricidade tem diversas abordagens metodológicas, sendo assim o psicomotricista é um especialista que atua como mediador no favorecimento do processo evolutivo humano, respeitando a maturação fisiológica, com influências diretas nos aportes afetivos, cognitivos e sociais do indivíduo.

A psicomotricidade como recurso terapêutico na equoterapia auxilia em funções sensoriais, decorrente de ajustes psicomotores na montaria, pois o deslocamento do passo do animal devido ao movimento cinésioterapêutico exige de quem está montado a participação de todo o corpo, gerando ajustes tônicos não só na função fisiológica, mas na manutenção da postura equilibrada para se manter sobre o cavalo. E na função receptora que move esse ajuste, coragem e prazer (afetivos e emocionais) importantes no equilíbrio do ajuste tônico emocional.

Favorece experiências somatossensoriais (sensações das partes distintas do corpo), pois auxiliam na integração ou reforço psicomotoras funcionais, como dominância de membros inferiores ou superiores (que podem ser cruzadas ou unilaterais), sendo assim gerando sensações inéditas e significativas de ajustes contralaterais ou unilaterais inigualável sob manutenção do equilíbrio corporal.

A relação de cumplicidade do animal com o praticante pelo cuidar e ser cuidado favorece um diálogo tônico-afetivo, pois o cavalo é um refletor das emoções de quem o monta e quem o cuida. O apoio físico ao praticante vem do animal que assume simbolicamente de transmitir o calor ritmo e olhares.

 

A atuação do psimotricista na equoterapia

Ida Maria Sozzi pedagoga, pós-graduada em psicomotricidade pela UNIFAI e equoterapeuta  da equipe multidisciplinar no Centro de Equoterapia Texas Ranch, ressalta a importância do desenvolvimento, educação e reeducação do praticante de equoterapia nos aspectos biopsicossociais através da psicomotricidade, sendo assim a construção do desenvolvimento global através do seu próprio corpo e da relação do corpo com o meio ambiente.

O psicomotricista é um profissional importante na equipe multidisciplinar, participando das triagens, elaboração dos objetivos interdisciplinares e do prognóstico.

A intervenção nas sessões de equoterapia mediante a atuação do psicomotricista pode ser realizada no dorso do animal, como também em solo. Nem sempre só a montaria é equoterapia, portanto existem intervenções no solo que são importantes para o desenvolvimento global do praticante na atuação do equoterapeuta especializado em psicomotricidade.

 

Confira algumas atuações do psicomotricista na equoterapia:

1. Promover o bem-estar do praticante e a evolução no tratamento;

2. Elaborar sessões lúdicas e prazerosas, buscando o desenvolvimento e aprimoramento das funções sócio psicomotoras;

3. Auxiliar o praticante na identificação espacial do setting terapêutico, em relação ao cavalo e à equipe;

4. Propiciar ao praticante a identificação do esquema corporal em seu corpo e do animal;

5. Enfocar nos objetivos interdisciplinares para o alcance dos objetivos mediante a queixa apresentada (exemplos vínculos sociais, regras de conduta, limites, atenção, concentração entre outras);

6. Elaborar juntamente com a equipe multidisciplinar o prognóstico e os planos de sessão;

7. Observar o ajuste tônico emocional e auxiliar a equipe multidisciplinar na adequação e mediação;

8. Adequar jogos e materiais nas sessões de equoterapia colocando o cavalo no contexto de abordagem terapêutica;

9. Proporcionar atividades somatossensoriais, sensoriais e psicomotoras funcionais;

10. Buscar o desenvolvimento biopsicossocial do praticante.

 

“O psicomotricista é o profissional que promove sensações de bem-estar, auxiliando o praticante no seu desenvolvimento global.”

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

. Entenda a importância dos auxiliares na equoterapia

Equoterapia não é só montaria

O profissional de fonoaudiologia na equoterapia

 

 

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.