Socióloga faz documentário sobre deficiência e adoção

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na horizontal. Natália e sua mãe, Mônica, se olham e sorriem. Elas estão em um jardim, e ao fundo podemos ver algumas folhagens. Fim da descrição.
Mônica e sua filha Natália (Foto: Reprodução)

Após assistir a inúmeros filmes sobre adoção e deficiência, a socióloga Mônica Joesting Siedler, resolveu compartilhar sua história em um curta metragem de aproximadamente 10 minutos, também com a temática da adoção e da deficiência. Isso porque Natália, filha de Mônica, tem deficiência intelectual.

Além de pensar no argumento do filme, intitulado Ana e Gerth, Mônica também escreveu o roteiro, escolheu as locações e atuou na história, que retrata o reencontro de duas amigas que conversam sobre os temas centrais do curta, que contou ainda com a participação da jovem Natália, que fez bonito na frente das câmeras.

Com supervisão e apoio do cineasta Zeca Nunes Pires, o filme tem direção de Irene Baldacin e roteiro com revisão de Maria Emília Azevedo.

 

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.