Lei de cotas inclui pessoas com deficiência em propagandas

0
4693
Descrição da imagem #PraCegoVer: A imagem está no formato retangular, na horizontal. Nela, uma pessoa está sentada em sua cadeira de rodas. É possível ver apenas a sombra da pessoa, que está com os braços abertos. Fim da descrição.
Depois do trabalho e da educação, Lei de Cotas deve chegar às propagandas (Foto: Shutterstock)

Depois da Lei de Cotas profissional – que prevê a inclusão de profissionais com deficiência em empresas com mais de 100 empregados –, e da Lei de Cotas que prevê a reserva de vagas para estudantes com deficiência em instituições federais de educação superior – a mesma lei já contemplava estudantes vindos de escolas públicas, de baixa renda, negros, pardos e indígenas –.

Agora, tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 6190/2016, da deputada Erika Kokay (PT-DF), que estabelece cota de 5% de pessoas com deficiência em peças publicitárias governamentais com exposição de pessoas. A proposta garante a presença de pelo menos uma pessoa com deficiência em cada propaganda.

O texto prevê ainda que as pessoas selecionadas para a campanhas devem ter uma deficiência ‘aparente’. Segundo Kokay, a proposta mostra à sociedade o potencial do segmento com deficiência e alerta os gestores para a necessidade de inserir essa parcela da população. A inclusão de pessoas com deficiência em peças publicitárias contribuirá, para a deputada, “com a reconstrução da autoestima e o empoderamento desse segmento”.

 

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.