Idosos ganham espaço nos museus

0
3394
Descrição da imagem #PraCegoVer: A imagem está no formato retangular, na horizontal. Nela, um senhor observa um quadro em um museu. Fim da descrição.
Museus recebem mais visitantes idosos (Foto: Divulgação)

Uma das mudanças no perfil populacional, o aumento da expectativa de vida tem gerado uma série de ações em prol das pessoas com mais de 60 anos de idade. Isso porque, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), em 2013 havia 13% ou mais de 26 milhões de idosos no Brasil. Os dados revelam que envelhecer não é mais visto como uma fase de inatividade, pelo contrário, é preciso ampliar a oferta de atividades para a população da terceira idade.

Um dos principais pontos turísticos de São Paulo (SP), o Museu do Futebol, que funciona no Estádio do Pacaembu, recebe cerca de 10 mil idosos por ano, e a proporção de visitantes com mais de 60 anos vem aumentando em relação aos demais visitantes. Em 2014 do total de visitas, 3% eram idosos, enquanto em 2015, o percentual subiu para 3,5%. Nos seis primeiros meses de 2016, o museu registrou 5% de idosos entre os visitantes.

Com isso, o museu realizou em 2016, duas edições do projeto ‘Museu Amigo do Idoso’, que tem por objetivo de valorizar a experiência de seus visitantes idosos. Idealizado com as mesmas premissas do premiado projeto ‘Deficiente Residente’, o projeto de atenção ao visitante idoso visa à melhoria do atendimento à pessoa acima dos 60 anos, a partir de necessidades indicadas pelos próprios idosos, em convívio com a equipe do educativo do museu.

 

Pinacoteca de São Paulo
Pensando em atender o público da melhor idade, a Pinacoteca de São Paulo também promoveu um curso de formação, que envolveu visitas educativas e a promoção de curso de formação a profissionais que trabalham com o público idoso, além da realização de uma ação extramuros em parceria com instituição voltada a essa faixa etária.

 

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.