Universidade lança especialização sobre transtornos do autismo

0
267
Descrição da imagem #PraTodosVerem: Imagem no formato retangular, na horizontal. Imagem de divulgação da especialização em transtornos do autismo. A palavra Autismo está parcialmente coberta por faixas coloridas. Fim da descrição.
Curso será iniciado no mês de março (Imagem: Reprodução)

Para aproximar pesquisadores e professores interessados nos transtornos do autismo, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) lança especialização sobre o tema.

Com início previsto para o mês de março, a especialização pretende oferecer uma formação sólida e atualizada para profissionais das áreas de saúde e educação, além de outros interessados, no Transtorno do Especto do Autismo (TEA).

 

Especialização em transtornos do autismo

Descrição da imagem #PraTodosVerem: Imagem no formato retangular, na horizontal. Uma profissional está atendendo uma criança com autismo. Ela está abaixada em frente de criança, e interage com ele, usando um objeto colorido. Fim da descrição.
Estudante do curso de psicologia durante atendimento no Lead (Foto: Divulgação/Lead)

O curso de pós-graduação lato sensu da UFMG terá suporte acadêmico-científico do Laboratório de Estudo e Extensão em Autismo e Desenvolvimento (Lead), do Departamento de Psicologia da Fafich.

O objetivo do curso é promover o aprofundamento teórico-prático sobre o TEA, com base na literatura científica atual, fornecer instrumental ético, técnico e jurídico para atender crianças, adolescentes e adultos diagnosticados ou com suspeita diagnóstica de TEA, oferecer apoio a familiares e qualificar a atuação de profissionais de instituições educacionais.

Segundo a professora Maria Luísa Magalhães, do Departamento de Psicologia da Fafich, a área é marcada pelo desequilíbrio entre a alta demanda e o baixo número de profissionais especializados. Maria Luísa, que é coordenadora do curso, garante que a especialização, tem por objetivo aproximar docentes da UFMG que já estudam o espectro e os projetos existentes na universidade, como o Programa de Atenção Interdisciplinar ao Autismo (Praia) da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, também motiva a criação do curso.

 

Estrutura da especialização

Aberto a qualquer pessoa que tenha concluído graduação, o curso terá duração de 24 meses, com a realização de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e 30 horas de prática assistida em 2019. De caráter interdisciplinar, com ênfase em análise do comportamento, o corpo docente reunirá professores de diversas áreas do conhecimento como psicologia, terapia ocupacional, pediatria, educação e musicoterapia.
Os interessados podem se inscrever até o dia 16 de fevereiro, pelo e-mail: [email protected].

O processo de seleção da turma será feito presencialmente, por meio de agendamento, entre os dias 19 e 22 de fevereiro.

Outras informações podem ser obtidas no site do curso de especialização.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

. Projeto propõe atendimento especial a pessoas com autismo

. Jovem com autismo lança livro infantil

. Autismo: diagnóstico e intervenção precoce

 

 

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here