Brasil conquista medalhas na Surdolimpíada

0
259
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na horizontal. O nadador Guilherme Maia, está dentro da piscina. Ele está com os braços levantados, comemorando a conquista da medalha de ouro. Guilherme é um rapaz moreno, com pele clara. Ele está sem camisa e com a touca de natação na cabeça. Fim da descrição.
O nadador Guilherme Maia (Foto: Cristiano Carvalho/CBDS)

O Brasil conquistou cinco medalhas na 23ª edição da Surdolimpíada de Verão, evento realizado em Samsun, na Turquia. Entre os destaques, o nadador Guilherme Maia, que conquistou a inédita medalha de ouro, na prova de 200 metros livres, e também a de bronze, nos 100 metros livres.

Os atletas Heron Rodrigues, do karate, e Alexandre Fernandes, do judô, e a equipe de futebol feminino também conquistaram medalhas.

O evento reuniu 2.307 atletas surdos de 79 países e a delegação brasileira participou do evento com 140 profissionais, sendo 99 atletas, que disputaram 14 modalidades.

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na horizontal. A delegação brasileira que participou da Surdolimpíada. Todos estão uniformizados com moletom nas cores verde e amarelo. Fim da descrição.
A delegação brasileira que participou da Surdolimpíada (Foto: Cristiano Carvalho/CBDS)

Para a chefe da delegação Surdolímpica do Brasil, Mariana Hora, o desempenho do Brasil foi superior ao das participações anteriores. “Diante da nossa realidade de falta de investimentos financeiros para preparação dos surdoatletas, nosso principal objetivo aqui está sendo atingido: ganhar experiência e mostrar que o Brasil tem capacidade de se desenvolver no desporto de surdos”, destaca ela, que também é membro da diretoria da Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS).

 

Medalha de ouro

Primeiro atleta brasileiro a conquistar uma medalha de ouro em Surdolimpíadas, o nadador Guilherme Maia diz que a conquista deve servir como incentivo para as crianças surdas. “É importantíssima essa conquista, pois mostra ao mundo e ao Brasil que os surdos também têm potencial! As crianças surdas precisam de incentivo e de um ídolo!”

 

Fonte: Agência Brasil

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here