NBHA – Brazil acessibiliza etapas dos 3 tambores

0
1104
Descrição da imagem #PraCegoVer: A imagem está no formato quadrado. Nela, Eliane está ao lado de seu cavalo. Fim da descrição.
(Foto: Augusto Moraes)

Por: Eliane Baatsch*

Entre os dias 14 e 18/06, o Haras Raphaela, na cidade de Porto Feliz (SP), vai sediar a Super Semana do Tambor, com a inserção em seu cronograma das apresentações das pessoas com deficiência.

Em 2016, o evento contou com a participação de pessoas com deficiência por meio de apresentações no percurso dos 3 Tambores com os centros de equoterapia TexasRanch, Hípica Santa Terezinha, CADEE, Hípica WS, São João da Boa Vista, Eslováquia e Panamá.

Devido a excelente repercussão num projeto inovador que foi oportunizado pela primeira vez no Brasil pela NBHA-BRAZIL, o presidente Abelardo Peixoto e diretoria com o intuito de inclusão ao esporte e acessibilidade às pessoas com deficiência ao mundo dos 3 Tambores, realizará novamente esta apresentação na Super Semana do Tambor, porém com regulamentação própria e comissão organizadora comigo, Claudia Mori, Elizabeth Melani e Abelardo Peixoto. Enfocando novidades relacionadas a ranking, classificações e regulamento, entre outros. Além da inauguração de Etapas que acontecerão no Brasil.

As classificações e organizações tem como componente próprio da NBHA-BRAZIL uma vez que os 3 Tambores ainda não é uma modalidade reconhecida no processo de equitação para pessoa com deficiência em provas e torneios. Porém essa nova modalidade se enquadrará desde a apresentação para os centros de equoterapia até o ranking relacionado ao esporte de alto rendimento.

Muitas vezes os centros de equoterapia passam por dificuldades financeiras e devido à falta de recursos, acabam não participando das modalidades referidas ao paraequestre na elegibilidade pelas exigências. Por isso, cabe ressaltar da importância na apresentação e participação dos centros de equoterapia nos eventos direcionados como esses que promovem a união e iniciação ao esporte proporcionada por esse novo tipo de organização e regimento.

Além das características do evento, é autorizada a participação de animais (equinos) de outras raças, desde que apresentem exames de AIE, MORMO, atestado de saúde, vacinação (em dia) e GTA.

A NBHA-BRAZIL visa a participação dos centros de equoterapia que é o principal foco do projeto, com a inclusão das pessoas com deficiência, a iniciação e o incentivo ao esporte.

A inclusão é criar a acessibilidade! Oportunidade social e incentivo ao esporte vai além da elegibilidade de conceitos e regulamentações.

 

*Eliane Cristina Baatsch é pedagoga e psicopedagoga, especializada em deficiência múltipla. Atua como equoterapeuta, coordenadora da Hípica Santa Terezinha, instrutora de equitação clássica, equitação para equoterapia e de volteio terapêutico.

Portal Acesse

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here